Dia dos Avós

Publicação:

28 de Julho de 2022

No último dia 26 de julho, data em que é comemorado o Dia dos Avós, a equipe da Unidade de Referência à Saúde do Idoso – URSI Santana/Jaçanã preparou uma atividade especial.

Na ocasião, foi destacado o significado do papel social dos avós, bem como as memórias afetivas existentes com os netos.

A ação acontece durante todo o mês de julho, com convite às pessoas idosas assistidas no serviço, para que registrem essas memórias por meio de breves relatos e compartilhem no mural da unidade.

“O resultado foi incrível e despertou diversas emoções em todos”, diz Thabata Barros, gerente da Unidade.

O que é a URSI?

A Unidade de Referência à Saúde do Idoso (URSI) é uma unidade especializada para atender ao idoso na sua área de abrangência. Ela se insere no nível secundário da atenção à saúde, oferecendo atendimento pela Equipe Interprofissional, em âmbito individual e coletivo, dentro de uma visão integral. A Equipe Interprofissional constitui o Núcleo de Atenção Integral à Saúde do Idoso, que, além de desenvolver ações de assistência a doenças de maior complexidade e a problemas de saúde específicos da população idosa, deve desenvolver ações preventivas e de promoção e proteção à saúde, atividades de treinamento e capacitação de profissionais da atenção básica e pesquisas específicas na área da gerontologia, tendo como principal papel a implementação das políticas públicas de saúde, em especial as políticas específicas para a população idosa, que constam da área da Saúde, no Capítulo IV da Política Municipal do Idoso (Das Ações Governamentais, artigos 27-39, 2002).

O objetivo das URSI’s é garantir a promoção e atenção integral à saúde do idoso mais fragilizado no nível secundário de assistência do SUS, para que o idoso permaneça na comunidade durante o maior tempo possível e com a maior capacidade funcional atingível, obedecendo aos protocolos de encaminhamento.

As URSI’s devem prestar atendimento às patologias mais complexas, aos problemas específicos do envelhecimento e às complicações das patologias mais prevalentes. Os profissionais dessas Unidades devem assumir, também, ações de prevenção de doenças e de promoção e proteção da saúde, além de ações educativas e de auxílio aos profissionais da atenção primária, num trabalho interprofissional e intersetorial.

A equipe gerontológica é composta idealmente pelos seguintes profissionais com especialização em Gerontologia ou Geriatria: Assistente Social, Enfermeiro, Fisioterapeuta, Fonoaudiólogo, Médico Geriatra, Nutricionista, Psicólogo e Terapeuta Ocupacional. Outros profissionais fundamentais são Auxiliar Técnico Administrativo e Auxiliar de Enfermagem, estes não necessitando de formação específica.

Os encaminhamentos dos idosos da Atenção Primária para as URSI’s devem obedecer aos protocolos de encaminhamento, onde se especifica as condições passíveis de atenção no nível secundário. Além disso, é necessário conseguir a contrarreferência para a Atenção Primária, assim que o plano de condutas e tratamentos for estabelecido pelos profissionais da equipe

Com informações da Prefeitura da Cidade de São Paulo

Não há documento anexado.











SBCD ©2021 TODOS OS DIREITOS RESERVADOS